sexta-feira, 23 de setembro de 2011

me=morar - o corpo em casa





:: Ficha técnica do me=morar ::
Argumento e roteiro:
Ana Maria Rosa, Júlia Aissa, Luiza Rosa, Paula Bueno e Yan Chaparro
Criação coreográfica e interpretação:
Ana Maria Rosa, Júlia Aissa, Franciella Cavalheri, Luiza Rosa, Paula Bueno e Yan Chaparro

Figurino: Mary Saldanha
Concepção de cenário e iluminação: Maíra Espíndola
Instalação do cenário: Mª Bernadette Bueno Netto, Caio Nantes, Maíra Espíndola, Werther Fioravanti e coletivo
Operação de luz: Maíra Espíndola e coletivo
Trilha sonora: Jonas Feliz
Operação de som: Werther Fioravanti

Produção e divulgação: Carol Araújo, Werther Fioravanti e coletivo
Projeto Gráfico: Mary Saldanha e Paula Bueno
Fotos: Franciella Cavalheri e Paula Bueno
Registro audiovisual: Vaca Azul

Sinopse e textos: Luiza Rosa
Poemas: Maíra Espíndola
Fonte das frases de José Ferreira e Valderi Pessoa: livro "Via férrea", elaborado por Aurélio Marques e Maurício Nascimento


Projeto me=morar
Coordenação de pesquisa de movimento: Júlia Aissa e Franciella Cavalheri
Coordenação de estudos teóricos: Yan Chaparro
Coordenação de produção: Ana Maria Rosa
Coordenação de divulgação: Paula Bueno
Coordenação geral: Luiza Rosa

Teoria da Gravidade



um trabalho conceitual de video dança baseado na pesquisa do espetaculo "quando tudo cresceu" dirigido por clayton leme do Coletivo Brincante. www.coletivobrincante.blogspot.com

Brasil, 2011
Direção e Coreografia: Raphael Fernandes

Duo#1 - Staccato | Paulo Caldas



Staccato | Paulo Caldas apresenta

Duo #1

Direção: Gustavo Gelmini e Paulo Caldas
Coreografia: Paulo Caldas
Edição: Gustavo Gelmini
Bailarinos / Pesquisa de Movimento: Paula Maracajá e Toni Rodrigues
Câmera: Gustavo Gelmini
Trilha Sonora: Chris Lancaster
Parceria: Centro Coreográfico do Rio de Janeiro / SESC Rio de Janeiro
Realização: Funarte
Agradecimentos: Cesarina Riso, Ana Luíza, Villa Riso
Produção: Staccato | Paulo Caldas


VIDEODANZABA: AREA DE FORMACIÓN RESIDENCIAS y TALLERES 2011 CIERRES DE INSCRIPCION: 30/09/11 y 30/10/11

www.VideoDanzaBA.com.ar
formacion@videodanzaba.com.ar


AREA DE FORMACION
RESIDENCIAS y TALLERES 2011
CIERRES DE INSCRIPCION: 30/09/11 y 30/10/11

EL CUERPO EXTENSIVO
Residencia de Realización en Videodanza
Con la participación del Grupo Alma Cía. de Danza Integradora
Coordinadoras: Daniela Muttis y Susana González Gonz

Viernes 18 de noviembre 13 a 18 hs.
Sábado 19 y domingo 20 de noviembre de 11 a 17 hs.
Muestra de trabajos, domingo 20 de noviembre a las 19 hs.
En el Centro Cultural de la Memoria Haroldo Conti (Av. Del Libertador 8151)
Cierre de la inscripción 30/09/11
La residencia propone indagar la capacidad de movimiento y creación, mediante
la utilización de dos herramientas: sillas de ruedas y cámaras de video.
Ambas nos proponen la extensión del cuerpo y nos introducen a descubrir
nuevas morfologías para la creación de la imagen y el sonido.
Inscripción hasta el 30 de septiembre de 2011 en www.VideoDanzaBA.com.ar .
Abierta a realizadores, bailarines, actores, músicos y artistas visuales.
Esta residencia cuenta con el apoyo del Instituto Prodanza, Ministerio de
Cultura, GCBA
Daniela Muttis http://danielamuttis.blogspot.com
Susana González Gonz http://www.danzaintegradora.com.ar
Grupo ALMA Cía. http://www.danzaintegradora.com.ar/



Taller de iniciación a la Videodanza

Por Claudia Sánchez


Martes 22 al viernes 25 de noviembre, de 10 a 13 hs.
En el SUM, CCR (Junín 1930)
Costo: $250.-
Cierre de la inscripción: 30/10/11
Videodanza: Lenguaje artístico híbrido y emergente, conjuga el cine/video y
la danza. Ambos componentes se interrelacionan de modo tal que no hay uno de
ellos subordinado al otro. Es un arte que se desarrolla en los bordes de la
clasificación. Cautiva por sus límites extendidos, fronterizo, permite el
sincretismo artístico. Implica y exige una apertura de la mirada. Seduce,
atrapa…
El presente taller tiene por objetivo acercar a los participantes al mundo de
la Videodanza desde una perspectiva teórica y práctica. Al ser un lenguaje
donde se establece una especial relación entre la cámara y el cuerpo, todos
los participantes, pasarán por delante y por detrás de cámara. Como
culminación del taller se realizará un videominuto en grupos.
Claudia Sánchez www.claumz.com



Taller de cámara y dirección de fotografía
Por Osvaldo Ponce

Lunes 21 al miércoles 23 de noviembre, de 14 a 17 hs.
En el CEDIP, CCR (Junín 1930)
Costo: $200.-
Cierre de la inscripción: 30/10/11
El Taller tiene por objetivo transmitir herramientas concretas, de encuadres
de cámara y estilos de iluminación, para aprehender el lenguaje y poder
compartir los códigos entre el video y la danza, entre la imagen y el
movimiento.
Destinado a coreógrafos, bailarines y videastas, con o sin experiencia previa
en el género del video danza.
Programa del curso:
Clase 1: “La cámara y el espacio”.
Composición, profundidad visual y encuadre.
Fragmentación del espacio: Lo visible y su interpretación.
El emplazamiento de cámara y el relato.
Planteos básicos de iluminación en exteriores.
Clase 2: “La cámara y el tiempo”.
La anticipación del encuadre. La musicalidad en la interpretación.
Los lentes y la percepción de la velocidad del movimiento.
El plano como travesía del tiempo.
Del plano a la secuencia. El plano – secuencia.
Planteos básicos de Iluminación en interiores.
Clase 3: “La cámara y la intensidad dramática”.
Práctica de encuadres fijos con cámara de fotos.
Práctica de encuadres en movimiento y de plano secuencia
Osvaldo Ponce: http://osvaldoponce.blogspot.com




www.VideoDanzaBA.com.ar
formacion@videodanzaba.com.ar

domingo, 18 de setembro de 2011

PULSAR (2010)



PULSAR é um trabalho delicado, mas que ao mesmo tempo apresenta uma força. O ponto de partida deste experimento foi um trecho do trabalho Tudo Porque Chorei da G2 Companhia de Dança do Teatro Guaíra, mas hoje podemos perceber o quanto também se articula com o solo da Feiticeira de Mary Wigman, é um trabalho portanto que apresenta uma dualidade entre um corpo que pode chorar, mas ao mesmo tempo pode ser uma feiticeira e apresentar uma força.


Brasil, 2010.
Direção e Coreografia: Bruna Spoladore

Maxixe de Breno César


Maxixe, - 7'
Brasil, 2010.
Videodança realizada com a Cia. Etc. com direção de Breno César, que teve o ritmo do Maxixe como mote inspirador para sua narrativa.
Coreografia: José W. Júnior, Liana Gesteira e Marcelo Sena

processos composicionais para videodança Lisboa/Londres/Brasília: Convocação Nacional Residência Artística e Criação...


processos composicionais para videodança Lisboa/Londres/Brasília: Convocação Nacional Residência Artística e Criação...


ATENÇÃO!!! INSCRIÇÕES PRORROGADAS ATÉ 11 DE OUTUBRO !!!

Laura Virgínia, contemplada com bolsa FUNARTE de residência em artes cênicas 2010, com a parceria do Coletivo de Documentação e Pesquisa em Dannça - Eros Volúsia - CDPDAN/CEN/UnB estão convocando para o curso de extensão " Dança para Tela - videodança: pensamento, criação e execução do projeto "Processos Composicionais para Videodança"
A proposta é selecionar , em âmbito nacional, 10 artistas criadores para realizar em residência e coletivamente, na semana do curso de extensão, um videodança de duração de cinco minutos. Durante o processo de criação os participantes terão palestras e wokshops.
Período de 13 a 20 de novembro de 2011
Local UnB - Universidade de Brasília

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

little big largo


Video realizado a partir do projeto "Coreografia para prédios, pedestres e pombos", que uniu intervenção urbana e performance nas imediações do Largo do Machado. Neste vídeo experimentamos com alterações de velocidade e taxa de quadros por segundo, produzindo uma imagem que dá a ilusão de um mundo miniaturizado.


Brasil, 2010
Direção: Paola Barreto
Coreografia: Dani Lima

Vide o Tape



Videodança realizada em vídeo e fotografia digital

Sinopse: Coreografia para vídeo em palco. Ou vídeo para coreografia em planta baixa. Não. Planta baixa para coreografia em caixa preta. Ou seria melhor dança sob fita para internet?

Direção e Coreografia:
Antonieta Acosta, Mariana Martins, Paula De Paula, Priscila Maia, Talita Matos

Música:
Lucas Percuoco

Edição e Montagem:
Lois Lancaster, Mariana Martins

Fotografia:
Lois Lancaster, Aloyana Lemos

Iluminação:
Moisés

Rio de Janeiro, Brasil
Outubro 2010

Gazpacho



Espanha, 2009.
Direção e Coreografia: Germán de La Riva e Itsaso Iribarren

DUO




México/Japão, 2010.
Based on the choreography by Hiroaki Umeda. 
Directed by Octavio Iturbe. 
Síganle Producciones.

13. Ghostcatching (1999) Chor. Bill T. Jones Digital Artwork. Paul Kaise...



Fruto de uma parceria entre Paul Kaiser, Shelley Eshkar (Riverbed Group) e o bailarino Bill T. Jones, “Ghostcatching”, em seu produto final, apresenta-se como uma instalação virtual de dança.

A obra valeu-se do processo baseado no “motion capture” e nela trabalhou-se com sensores de luz (“light-sensitives”) colocados em 22 pontos do corpo do bailarino e oito câmeras que capturavam o sinal dos sensores no corpo que dançava no escuro.

No computador, as imagens foram convertidas em arquivos tridimensionais e transformadas numa figura “Biped” (sistema utilizado também na coreografia homônima de Cunningham), uma ferramenta sofisticada para traduzir o movimento humano. Renderizados, os corpos de “Ghostcatching” se situam entre rabiscos e raios-X, e neles a linha e densidade sozinhas sugerem um mundo interno de músculo e ritmo, dentro do dançarino.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

flutissonante


as elevações do corpo que se propagam em sucessão umas às outras, produzidas em geral pela ação do vento.

Brasil, 2011.
Duração: 2'
performance: ira tan
fotografia: mariana meloni
edição: cassia calenah
música: kevin macleod


Eu odeio pagar a conta de telefone! de Andreia Yonashiro




(I hate to pay the telephone bill !)

Manifesto auto-biográfico, inspirado em relatos de pessoas amigas e reflexões filosóficas. A dança atua como passagem para dimensões fabulares e também como analogia à linguagem de sinais que substituem dificuldades fisiológicas. 

(Auto-biographic manifest, inspired in friends stories and philosophical exercises. The dance acts not only as a passage for fable dimensions but also as analogy for sign languages which substitutes physiological difficulties.)

Concepção, edição e atuação: Andreia Yonashiro
Fotografia: Petter Ballo
Música: Astor Piazzolla
Textos extraídos em parte de: O ornamento da massa de Siegfried Kracauer e Entre o Passado e o Futuro de Hannah Arendt.
Eu odeio pagar a conta de telefone ! from Andreia Yonashiro on Vimeo.

Palaventorio - Parte 01




PALAVENTÓRIO

Brasil, 2010
Direção: Daniel Ruiz, Dora de Andrade, Érica Bearlz e Me Vê na TV
Coreografia: Érica Bearlz, Dora de Andrade e elenco

Sozinhos entre Fatias


Essa videodança é uma transposição da música Sozinhos entre Fatias em imagens. Ela parte das sensações e dos motivos que levaram os músicos a criar essa obra hibrida: a dinâmica peculiar da cidade de São Paulo, que oscila entre a hostilidade e o singelo. É também uma livre interpretação do livro "Discurso sobre a Origem e Fundamentos da Desigualdade Entre Homens", de Jean Jacques Rousseau e apresenta uma metáfora cinética para a cidade de São Paulo. Partindo da hipótese do filósofo de que o homem é bom por natureza e é a sociedade que o corrompe, a obra mistura realidade e fantasia para compor um retrato poético da vida nas metrópoles globais. Usando símbolos como natureza, concreto, coração e moeda, o video representa um expressivo conflito da contemporaneidade: o embate entre capitalismo e humanismo.


Ficha Técnica

Direção: Cynthia Domenico
Direção de Fotografia: André Uba
Performers: Eros Valério, Ricardo Korn Malerbi, Cynthia Domenico
Roteiro: André Uba e Cynthia Domenico
Figurino: Cynthia Domenico
Trilha Sonora: Rafael Borges Amaral
Primeiro Assistente: Tomás Vianna
Câmera: André Uba
Produção: África lá em Casa, Torradeira Filmes e Soma Realizações
Apoio: Companhia Flutuante e Lado B Digital Filmes
*Realização Independente*

Para fazer dowload do álbum Sozinhos entre Fatias visite o site:
http://www.africalaemcasa.com.br/

MC4 - Companhia de Dança "Quando o coração sai pela boca" de Jeferson Pe...


Quando o coração sai pela boca - 11'
Brasil, 2009
Direção: Jeferson Petrillo Nunes

Olhos fechados no sol - o filme


Olhos fechados no sol - o filme
Porto Alegre Cia. de dança
Videodança por Bruno Polidoro, Gabriel Faccini e Lívia Santos
Coreografias por Mark Sieczkarek
Produção por Tânia Baumann


PET na Rede


Brasil, 2010
Direção: Paulo Marques
Coreografia: Giselda Fernandes

VIDEODANÇA+ 01

VIDEODANÇA+ 02

VIDEODANÇA+ 03

VIDEODANÇA+ 04

VIDEODANÇA+ 05

VIDEODANÇA+ PARTE 6

Seguidores